31 maio 2011

Novas figuras de ação...:

A Hot Toys informou hoje que desenvolverá bonecos articulados de colecionador baseados em X-Men - Primeira Classe.
Até o momento, apenas o licenciamento foi confirmado. Não se sabe ainda quais personagens ganharão as versões realistas e cheias de pontos de articulação da empresa. Mas aposta-se que a Rainha Branca estará entre eles.
Omelete

Adélia Prado...:

Adélia Luzia Prado Freitas nasceu em Divinópolis, Minas Gerais, no dia 13 de dezembro de 1935, filha do ferroviário João do Prado Filho e de Ana Clotilde Corrêa. Leva uma vidinha pacata naquela cidade do interior: inicia seus estudos no Grupo Escolar Padre Matias Lobato e mora na rua Ceará.
No ano de 1950 falece sua mãe. Tal acontecimento faz com que a autora escreva seus primeiros versos. Nessa época conclui o curso ginasial no Ginásio Nossa Senhora do Sagrado Coração, naquela cidade.
No ano seguinte inicia o curso de Magistério na Escola Normal Mário Casassanta, que conclui em 1953.
Começa a lecionar no Ginásio Estadual Luiz de Mello Viana Sobrinho em 1955.
Em 1958 casa-se, em Divinópolis, com José Assunção de Freitas, funcionário do Banco do Brasil S.A. Dessa união nasceriam cinco filhos: Eugênio (em 1959), Rubem (1961), Sarah (1962), Jordano (1963) e Ana Beatriz (1966).
Antes do nascimento da última filha, a escritora e o marido iniciam o curso de Filosofia  da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Divinópolis.
Em 1972 morre seu pai e, em 1973, forma-se em Filosofia. Nessa ocasião envia carta e originais de seus novos poemas ao poeta e crítico literário Affonso Romano de Sant'Anna, que os submete à apreciação de Carlos Drummond de Andrade.
Em 1975, Drummond sugere a Pedro Paulo de Sena Madureira, da Editora Imago, que publique o livro de Adélia, cujos poemas lhe pareciam "fenomenais". O poeta envia os originais ao editor daquele que viria a ser Bagagem. No dia 09 de outubro, Drummond publica uma crônica no Jornal do Brasil chamando a atenção para o trabalho ainda inédito da escritora.
O livro é lançado no Rio, em 1976, com a presença de Antônio Houaiss, Raquel Jardim, Carlos Drummond de Andrade, Clarice Lispector, Juscelino Kubitscheck, Affonso Romano de Sant'Anna, Nélida Piñon e Alphonsus de Guimaraens Filho, entre outros.
O ano de 1978 marca o lançamento de O coração disparado que é agraciado com o Prêmio Jabuti, da Câmara Brasileira do Livro.
Estréia em prosa no ano seguinte, com Soltem os cachorros. Com o sucesso de sua carreira de escritora vê-se obrigada a abandonar o magistério, após 24 anos de trabalho. Nesse período ensinou no Instituto Nossa Senhora do Sagrado Coração, Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Divinópolis, Fundação Geraldo Corrêa — Hospital São João de Deus, Escola Estadual são Vicente e Escola Estadual Matias Cyprien, lecionando Educação Religiosa, Moral e Cívica, Filosofia da Educação, Relações Humanas e Introdução à Filosofia. Sua peça, O Clarão,um auto de natal escrito em parceria com Lázaro Barreto, é encenada em Divinópolis.
Em 1980, dirige o grupo teatral amador Cara e Coragem na montagem de O Auto da Compadecida, de Ariano Suassuna. No ano seguinte, ainda sob sua direção, o grupo encenaria A Invasão, de Dias Gomes. Publica Cacos para um vitral. Lucy Ann Carter apresenta, no Departament of Comparative Literature, da Princeton University, o primeiro de uma série de estudos universitários sobre a obra de Adélia Prado.
Participa, em 1985, em Portugal, de um programa de intercâmbio cultural entre autores brasileiros e portugueses, e em Havana, Cuba, do II Encontro de Intelectuais pela Soberania dos Povos de Nossa América.
Fernanda Montenegro estréia, no Teatro Delfim - Rio de Janeiro, em 1987, o espetáculo Dona Doida: um interlúdio, baseado em textos de livros da autora. A montagem, sob a direção de Naum Alves de Souza, fez grande sucesso, tendo sido apresentada em diversos estados brasileiros e, também, nos EUA, Itália e Portugal.
Apresenta-se, em 1988, em Nova York, na Semana Brasileira de Poesia, evento promovido pelo Comitê Internacional pela Poesia. É publicado A faca no peito.
Participa, em Berlim, Alemanha, do Línea Colorada, um encontro entre escritores latino-americanos e alemães.
Volta, em 1993, à Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Divinópolis, integrando a equipe de orientação pedagógica na gestão da secretária Teresinha Costa Rabelo.
Em 1994, após anos de silêncio poético, sem nenhuma palavra, nenhum verso, ressurge Adélia Prado com o livro O homem da mão seca.  Conta a autora que o livro foi iniciado em 1987, mas, depois de concluir o primeiro capítulo, foi acometida de uma crise de depressão, que a bloquearia literariamente por longo tempo. Disse que vê "a aridez como uma experiência necessária" e que "essa temporada no deserto" lhe fez bem. Nesse período, segundo afirmou, foi levada a procurar ajuda de um psiquiatra.
Deus é personagem principal em sua obra. Ele está em tudo. Não apenas Ele, mas a fé católica, a reza, a lida cristã.
Estréia, em 1996, no Teatro Sesi Minas, em Belo Horizonte, a peça Duas horas da tarde no Brasil, texto adaptado da obra da autora por Kalluh Araújo e pela filha de Adélia, Ana Beatriz Prado.
São lançados Manuscritos de Felipa e Oráculos de maio. Participa, em maio, da série "O escritor por ele mesmo", no ISM-São Paulo. Em Belo Horizonte é apresentado, sob a direção de Rui Moreira, O sempre amor, espetáculo de dança de Teresa Ricco baseado em poemas da escritora.
Adélia costuma dizer que o cotidiano é a própria condição da literatura.  Morando na pequena Divinópolis, cidade com aproximadamente 200.000 habitantes, estão em sua prosa e em sua poesia temas recorrentes da vida de província, a moça que arruma a cozinha, a missa, um certo cheiro do mato, vizinhos, a gente de lá.
Em 2000, estréia o monólogo Dona da casa, em São Paulo, adaptação de José Rubens Siqueira para Manuscritos de Felipa. A direção é de Georgette Fadel e Élida Marques interpreta Felipa.
Em 2001, apresenta no Sesi Rio de Janeiro e em outras cidades, sarau onde declama poesias de seu livro Oráculos de Maio acompanhada por um quarteto de cordas.

 Fonte

Dilma: Bullying...:

30 maio 2011

Geólogos...:

A Terra e sua história, origens, estrutura e processos que a formaram e os que regem as transformações pelas quais ainda passa são objetos de estudo do geólogo. O profissional também deve estar atento à vida pré-histórica, registrada nos fósseis que são restos de seres vivos preservados em rochas. Regulamentada no Brasil em 1962, a profissão é fiscalizada pelo Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia.

OLHE À SUA VOLTA, HÁ UM GEÓLOGO POR AÍ

No dia 30 de maio comemora-se internacionalmente o Dia do Geólogo. Diferentemente de vários países do mundo, onde a atividade profissional do Geólogo é já entendida em sua enorme importância para o Homem, tem sido regra em nosso país que esse dia passe praticamente despercebido pela sociedade, reflexo do ainda o precário conhecimento que esta sociedade tem sobre a atividade de seus geólogos. 

 Parabéns pra nós!!!!

Salvation...:

To all those people doing lines, don't do it, don't do it
Inject your soul with liberty, it's free, it's free

To all the kids with heroin eyes, don't do it, don't do it.
Because it's not, not what it seems
No, no it's not, not what it seems

Salvation, salvation, salvation is free
Salvation, salvation, salvation is free
To all those parents with sleepless nights (sleepless nights)
Tie your kids on to their beds, clean their heads

To all the kids with heroin eyes, don't do it, don't do it
Because it's not, not what it seems
No, no it's not, not what it seems

Salvation, salvation, salvation is free
Salvation, salvation, salvation is free



 The Cranberries

Hayato...:

Hayato é um homem japonês rebelde jovem que mora sozinho e se preocupar com os outros - especialmente as crianças que vivem no orfanato em que ele foi criado, e seus amigos mais próximos de June, Saturn e Gamof. Esse cuidado para as pessoas é a força motriz que o leva a ir contra Bilstein.
Hayato deixou a sua casa do Japão e da Terra para se tornar um caçador de recompensas, mas foi um fracasso total em sua nova profissão. Quebrou, ele teve de se juntar à Star Gladiator projeto liderado pelo Dr. Bilstein e determinado a destruir o quarto império.
É um dos principais personagens de Star Gladiator! 




29 maio 2011

Resident Evil Paper...:

Projeto D #3...:

1° Parte


2° Parte


That '70s Show...:

De Volta aos Anos 70, uma série de televisão norte-americano exibida entre os 1998 e 2006, contando a história de seis jovens que vivem na cidade fictícia de Point Place, subúrbio de Green Bay, Wisconsin, durante a década de 1970.
A história se inicia em meados de 1976, e relata o dia-a-dia de um grupo de adolescentes (Eric, Donna, Kelso, Jackie, Steven e Fez) na faixa dos 17 anos. Sem ter muito o que fazer, sua rotina se resume a se reunir no porão da casa de Eric para papear, fazer festas, planejar algo, namorar, e usar certas ervas ilícitas. O programa durou oito temporadas, e 200 episódios, tornando-a a quarta sitcom mais longa já exibida pela FOX, sua emissora original (sendo as outras três: The Simpsons, King of the Hill and Married with Children). A série também foi responsável pelo estrelato de muitos de seus atores, como Ashton Kutcher, Topher Grace e Mila Kunis.

  • Eric Forman (Topher Grace): Magrelo, esperto e folgado. É o líder da turma e "dono do porão". Tratado como bebezinho da mamãe Kitty, e como dumbass (imbecil) pelo pai Red, é quase sempre vítima de sua irmã Laurie.
  • Donna Pinciotti (Laura Prepon): Linda e cheia de atitude, é a amiga de infância, vizinha e namorada de Eric. Por ser grandona e agir com mais atitude que as mulheres às vezes é chamada por Jackie de lumberjack(lenhador).
  • Steven Hyde (Danny Masterson): Revoltado, roqueiro e meio sacana com todo mundo, é o cara durão da turma. Amigo de infância de Eric e Donna, fica disputando a namorada com o amigo durante algum tempo e dá em cima na maior cara de pau. Abandonado pela mãe, vai morar um bom tempo na casa dos Forman.
  • Jackie Burkhardt (Mila Kunis): Rica, mimada e egocêntrica, Jackie já namorou Michael Kelso (que ela tratava como seu cachorrinho), Steven e Fez, é bastante disputada, apesar de não ser tão inteligente ou simpática quanto Donna.
  • Michael Kelso (Ashton Kutcher): Kelso é bonitinho e por isso adora bancar o garanhão. Já foi namorado de Jackie, mas era muito galinha e acabou traindo-a várias vezes, inclusive com Laurie, a irmã de Eric. É o cara mais idiota da turma, tem o pensamento meio lerdo e geralmente só fala besteiras e por isso é conhecido como The King (O Rei).
  • FES (ou Fez) - Foreign Exchange Student (Wilmer Valderrama): É o aluno que veio fazer intercâmbio nos EUA. Por ser estrangeiro e um pouco ingênuo, os amigos costumam pregar algumas peças nele. Está sempre reclamando por que nunca tem namorada, pelo seu jeito afeminado levanta supeitas de ser bissexual, já que também sempre teve uma queda por Jackie. Com um sotaque estranhissímo e engraçado, a nacionalidade dele é um mistério, até para seus amigos; sabe-se que é de algum país do "3º Mundo" e que é uma ilha.
  • Kitty Forman (Debra Jo Rupp): A mãe de Eric é uma enfermeira e dona de casa, que tenta manter alguma ordem na bagunça dos jovens. Porém, acaba colaborando algumas vezes com a festa. É uma mulher bastante bondosa, dona de uma risada inconfundível.
  • Reginald (Red) Forman (Kurtwood Smith): Red é o tipo de pai linha-dura que vive brigando com Eric, não suporta os amigos encrenqueiros do filho e vive ameaçando "chutar o traseiro" de todo mundo. Não esconde a preferência pela filha Laurie e a vontade de ver o filho Eric fora de casa o mais breve possível. Odeia outras pessoas e geralmente xinga os outros de dumbass (imbecil).
  • Bob Pinciotti (Don Stark): Bob é pai de Donna. Embora gordo e com uma aparência feia, consegue sempre namorar mulheres bonitas.
  • Laurie Forman (Lisa Robin Kelly 1998 a 2001; 2002-2003) e (Christina Moore 2003 a 2004): Irmã de Eric, queridinha do papai Red. Além de promíscua, sempre arruma um jeito de Red culpar Eric por qualquer coisa de errado que acontece.

King of Fighters 94'...:

O ano de 1994. Mais uma vez os convites para o King of Fighters encontrar seus caminhos para os guerreiros mais perverso do mundo. Mas o patrono desta festinha permanece desconhecida. Não pode ser Geese, nem pode ser Krauser. Então, quem poderia se ser de ...? Entre todas as esperanças e as dúvidas, as grandes estrelas lendárias do mundo da luta começam a formar suas equipes poderosas. Que tipo de batalha com estes lutadores magnífica certeza de entrar para a história nos mostra? A tensão de excitação dos fãs alcança um nível febril como o torneio finalmente se aproxima de seu início. 
Rugal Bernstein, um influente mercado negro de armas e drogas comerciante entediado com a falta de concorrência, enviados 24 convites para certos indivíduos ao redor do mundo. Oito times entraram, cada um representando um país diferente.
Ao final do torneio, Mature, secretária pessoal de Rugal, convidou a equipe do Japão para lutar contra o seu jogo final no Black Noah. É quando Rugal revelou o verdadeiro propósito do seu torneio: a derrota da equipe vencedora e adicioná-los à sua coleção macabra de challengers anteriores. Kyo vê seu pai derrotado e decide vingar-se dele. Como Rugal é finalmente derrotado, ele aciona o mecanismo de autodestruição em seu navio. A equipe escapa e reflete sobre sua vitória.

SNK Database

28 maio 2011

Tirinha do céu...:

Mutação...:

Mutação - é a chave para a nossa evolução. Ela nos permitiu evoluir a partir de um organismo celular até a espécie dominante do planeta. Esse processo é lento e costuma levar milhares e milhares de anos, mas a cada pouca centenas de milênios, a evolução dá um salto.

Charles Xavier : X-Men

27 maio 2011

Fala que eu não te escuto # 01

Johnny Depp...:

Johnny Depp é filho de John Christopher Depp que era engenheiro, e Betty Sue Palmer. Com apenas treze anos mudou-se com a família para a Flórida, após a separação dos seus pais que viria afetar a sua vida daí por diante.
Logo que chegou a Los Angeles, em 1983, casou com a maquiadora Lori Anne Allison, porém o casamento durou apenas dois anos. Foi Lori quem o apresentou a Nicolas Cage, que lhe conseguiu testes para o seu primeiro filme, A Hora do Pesadelo. Nicolas virou um grande amigo. Na lista dos amigos de Depp, além de Cage, estão Leonardo DiCaprio, Tim Burton, Helena Bonham Carter, Marlon Brando, Christina Ricci, Al Pacino e Sean Penn.
Ficou famoso ao fazer parte do elenco da série de televisão Anjos da Lei, entre 1987 e 1990. O sucesso o tornou um ídolo juvenil e símbolo sexual. Em 1990, John conheceu o diretor Tim Burton na O.S.S. (Ow Shit Studios), diretor esse com quem faria uma parceria duradoura - e estrelou Edward Mãos de Tesoura. O filme provou o talento de Johnny, passou a ser visto não como apenas mais um rosto bonito, mas sim um ator de verdade. O protagonista deste mesmo filme diz que se identificou bastante com este personagem. Foi também neste filme que contracenou com Winona Ryder e começaram a namorar. Entre outros filmes com o diretor Tim Burton estão Ed Wood, A Lenda do Cavaleiro sem Cabeça, a refilmagem de A Fantástica Fábrica de Chocolate, a animação A Noiva-Cadáver, e Sweeney Todd o Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet. Atualmente, a parceria pode ser vista em Alice no País das Maravilhas.
John estreou como diretor em O Bravo, em 1997. O roteiro foi escrito junto com seu irmão D. P. Depp e Paul McCudden, e onde além de atuar ao lado de Marlon Brando, John faz um índio cherokee, tribo aliás da qual ele descende.
Mas foi com Piratas do Caribe na pele do divertido e excêntrico Capitão Jack Sparrow, aliás esse foi o personagem preferido dele e de seus filhos, que caiu nas graças de Hollywood, e recebeu sua primeira indicação na Oscar de melhor ator em 2004. A segunda indicação ao Oscar veio em 2005, com Em Busca da Terra do Nunca.E em 2008 recebeu uma indicação por Sweeney Todd o Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet.
Mostrando que pode interpretar com extrema facilidade qualquer tipo de personagem, Johnny Depp é um verdadeiro camaleão de Hollywood. Com um carisma intrínseco a sua personalidade, que só colabora com o vínculo fortíssimo que seus personagens criam com o espectador, Johnny consegue realçar ainda mais sua presença em cena, expressando competência na arte de atuar de um grande ator. Seu talento tem sido muito bem reconhecido ao longo de sua carreira; prova disso, é seu cachê sempre crescente a cada filme. Por Piratas do Caribe, recebeu dez milhões de dólares. Dois anos depois, no remake de A Fantástica Fábrica de Chocolate, o cachê chegou a 18 milhões de dólares.
Além dos prêmios que ganhou e que foi indicado, Johnny Depp foi eleito o homem mais sexy de 2003, por vários sites em toda a web, ganhando, sem saber, várias eleições de melhor ator, ator mais estiloso, ator mais sexy, ator mais bonito e personalidade sexo do ano, mais legal e gentil com os fãs quase todos os meses.
Em 19 de novembro de 1999 deixou suas marcas na Calçada da Fama. Johnny Depp rodou em Londres o filme baseado no musical da Broadway, Sweeney Todd, com direção de Tim Burton.
Recentemente ao aceitar retornar a franquia "Piratas do Caribe", pelo valor de 21 milhões de libras (aproximadamente 63 milhões de reais), tornou-se o ator mais bem pago do planeta.

Filmografia: 

2011 - Pirates fo Caribbean 4
2011 - Rango
2011 - O Turista
2010 - Alice no País das Maravilhas
2010 - When You're Strange: Um Filme Sobre The Doors
2010 -  Diário de um Jornalista Bêbado
2009 - Inimigos Públicos 
2009 - O Imaginário do Dr. Parnassus
2009 - Bob Esponja Calça Quadrada
2008 -  Gonzo: The Life and Work of Dr. Hunter S. Thompson
2007 -  Piratas do Caribe: No Fim do Mundo
2007 -  Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet
2006 -  Piratas do Caribe: O Baú da Morte
2005 - A Noiva Cadáver
2005 - A Fantástica Fábrica de Chocolate
2004 - O Libertino
2004 -  Viveram Felizes para Sempre
2004 -  A Janela Secreta
2004 - Em Busca da Terra do Nunca
2003 - Piratas do Caribe: A Maldição do Pérola Negra
2003 - Era Uma Vez no México
2002 - Lost In La Mancha
2001 - Profissão de Risco
2001 - Antes do Anoitecer
2001 - Do Inferno
2000 - Chocolate 
2000 - Porque Choram os Homens
1999 - A Lenda do Cavaleiro sem Cabeça
1999 - The Source
1999 - Enigma do Espaço
1999 - O Último Portal
1999 - The Ninth Gate
1998 - Absolutamente Los Angeles
1998 - Medo e Delírio
1997 - O Bravo
1997 - Donnie Brasco
1996 - Cannes Man
1995 - Tempo Esgotado
1995 - Dead Man
1995 - Don Juan DeMarco
1994 - Ed Wood
1993 - Gilbert Grape - Aprendiz de sonhador
1993 - Benny & Joon
1993 - Um Sonho Americano 
1991 - Pesadelo Final: A Morte de Freddy 
1990 - Edward Mãos-de-Tesoura
1990 - Cry-baby
1986 - Platoon
1985 - Férias do barulho
1984 - A Hora do Pesadelo
 
Alguns dos principais papéis:











Iori...:

Em tempos antigos, o clã Yagami chamava-se Yasakani, e era aliado do clã Kusanagi. Séculos atrás, as duas famílias, com a ajuda do clã Yata, hoje conhecida como Família Kagura, aprisionaram um ser chamado Orochi. O clã Yasakani foi encarregado de vigiar Orochi em sua prisão eterna.
Tempos depois, o clã Yasakani cansou-se de viver à sombra do clã Kusanagi, e se sentiu tentado a provar a força de Orochi. Libertáram-no e fizeram um pacto de sangue com ele. Após o pacto ser consumado, os descendentes do clã Yasakani ganharam grandes poderes, como controlar chamas púrpuras, porém foram eternamente amaldiçoados: todos os membros morreriam jovens e suas mães ao dar a luz. O clã Yasakani, desde então, passou a se chamar Yagami e teve como objetivo eliminar todos os descendentes do clã Kusanagi. Durante as várias guerras ao decorrer dos anos, vários membros de ambas as famílias foram mortos em batalha.
Iori Yagami é o único descendente conhecido do clã Yagami e está determinado a acabar não só com Kyo Kusanagi, mas também com toda a família inimiga.





 -Wikipedia-

26 maio 2011

Mortal Kombat Legacy #6...:

José Padilha...:

José Padilha é um cineasta, documentarista e produtor cinematográfico brasileiro. Padilha é formado em Administração de Empresas pela Pontifícia Universidade Católica. Cursou Economia Política, Literatura Inglesa e Política Internacional em Oxford, Inglaterra.
Ele é produtor e roteirista sendo o primeiro assim, Os Carvoeiros (1999). É documentarista com seu primeiro longa-metragem como diretor, Ônibus 174 (2002) tenta reconstituir um episódio violento do Rio de Janeiro, o seqüestro de um ônibus que terminou em tragédia e em 2005 iniciou a preparação de Fome, documentário sobre a trajetória de uma família mineira que mostra de que forma os indivíduos lidam com a fome no cotidiano.
Chegou ao auge da carreira com Tropa de Elite (2007), sua primeira ficção. Nos cinemas, o filme conquistou o maior número de espectadores no Ranking nacional 2007. Em 15 de fevereiro de 2008 ganhou o Urso de Ouro, em Berlim, por Tropa de Elite.
Em 2009 filmou Segredos da Tribo, aonde Padilha expõe a guerra entre antropólogos por causa dos ianomâmi. O documentario apresenta um debate interessante sobre a comunidade científica e seus efeitos sobre os grupos que estuda ou uma visão superficial e reducionista da produção desses cientistas. Independente da resposta, o documentário “Segredos da Tribo” parece que irá se transformar em objeto obrigatório de discussão nas salas de aula das ciências sociais no futuro próximo. O filme teve sua premiere no Sundance Festival de 2010.
Em 2010 lançou Tropa de Elite 2: O Inimigo Agora é Outro. O filme teve o maior público da história do cinema brasileiro para um filme nacional, com mais de 11 milhões de espectadores, batendo Dona Flor e seus dois maridos.
Agora o cara está chegando de vez em Hollywood, já que está cotado para fazer o próximo filme do Robocop (remake) e com grande moral, está na disputa com outros 8 diretores na produção de The Wolverine.
Apesar de tantos problemas sociais nesse nosso brasilesco continente, uma felicidadezinha.

Alguns de seus trabalhos:
  • Segredos da Tribo
  • Tropa de Elite 2: O Inimigo Agora é Outro
  • Ônibus 174
  • Tropa de Elite
  • O Corruptólogo
  • Garapa






Wikipedia e Universo Marvel 616

Star Gladiator...:

Foi a primeira tentativa da Capcom em um jogo de luta 3D de arcade, que na época (1996) foi bem recebido pela Capcom muitos fãs de luta como muitos membros do elenco mostrava certa semelhança com os personagens de Star Wars.
O jogo funcionou em casa permitiu uma tradução fácil para o PlayStation, e recebeu uma recepção melhor, difundida lá. Ainda assim, Star Gladiator não foi o grande sucesso da Capcom pode ter esperado, e suas incursões futuro para o gênero de luta 3D (Rival Schools, franquia Street Fighter EX) raramente se saíram muito melhor. Eventualmente, o jogo foi lançado para PlayStation em novembro de 1996 e seguido por uma continuação, Plasma Sword, que só foi portado para a Sega Dreamcast, apesar de muita especulação de uma conversão de PlayStation.

História: 

No ano de 2348, os seres humanos têm vindo a explorar o espaço nos últimos quatro séculos, e estabeleceram contacto com várias civilizações alienígenas. As pessoas agora emigrar de um planeta para outro, ea vida é geralmente boa. No entanto, tudo muda quando o Dr. Edward Bilstein, um físico ganhador do Prêmio Nobel, descobre o segredo do "sexto sentido" da humanidade e descobre como usá-lo como fonte de energia que ele chama de "Plasma Power". Dentro do tempo, desenvolve Bilstein ambições de conquista universal e agora pretende conquistar a galáxia inteira em sua própria vontade. Depois de frustradas tentativas de coagir outros controladores de Plasma para acompanhá-lo na tomada sobre a Terra, Bilstein é capturado pelas autoridades da Federação da Terra para o seu desumanos crimes hediondos, em experiências com pessoas inocentes com seu Power Plasma e ele está preso em um satélite em órbita do planeta Zeta. Seis anos depois, Bilstein construiu para si um corpo cyborg poderoso e conseguiu escapar de sua prisão, reunindo um grupo de mercenários Plasma ao seu lado. Depois de fazer o trabalho rápido das defesas Zeta, Bilstein estabelece os olhos sobre a Terra e as esperanças de conquistá-la em tempo útil. A Terra entrou em pânico e a Federação tem apenas um recurso: encontrar pessoas que poderiam utilizar Plasma Power por vontade própria e tentar parar Bilstein em um último esforço desesperado.


25 maio 2011

Street Fighter Legacy...:

Uma versão criada por fãs!!!

Passárgada...:

Vou-me embora pra Pasárgada
Lá sou amigo do rei
Lá tenho a mulher que eu quero
Na cama que escolherei
Vou-me embora pra Pasárgada

Vou-me embora pra Pasárgada
Aqui eu não sou feliz
Lá a existência é uma aventura
De tal modo inconseqüente
Que Joana a Louca de Espanha
Rainha e falsa demente
Vem a ser contraparente
Da nora que eu nunca tive

E como farei ginástica
Andarei de bicicleta
Montarei em burro brabo
Subirei no pau-de-sebo
Tomarei banhos de mar!
E quando estiver cansado
Deito na beira do rio
Mando chamar a mãe-d'água
Pra me contar as histórias
Que no tempo de eu menino
Rosa vinha me contar
Vou-me embora pra Pasárgada

Em Pasárgada tem tudo
É outra civilização
Tem um processo seguro
De impedir a concepção
Tem telefone automático
Tem alcalóide à vontade
Tem prostitutas bonitas
Para a gente namorar

E quando eu estiver mais triste
Mas triste de não ter jeito
Quando de noite me der
Vontade de me matar
— Lá sou amigo do rei —
Terei a mulher que eu quero
Na cama que escolherei
Vou-me embora pra Pasárgada

Libertinagem - Manoel Bandeira

A Hora do Pesadelo...:

A Nightmare on Elm Street é um filme Estadunidense de 1984, do gênero terror, dirigido e escrito por Wes Craven, foi o primeiro filme da franquia A Hora do Pesadelo. O filme apresenta John Saxon, Heather Langenkamp, Ronee Blakley, Amanda Wyss, Jsu Garcia, Robert Englund e Johnny Depp em sua estreia no cinema. A história se passa na cidade fictícia de Springwood, Ohio e o enredo gira em torno de um grupo de adolescentes que são aterrorizados em seus pesadelos pelo fantasma de um psicopata assassino de crianças chamado Freddy Krueger. Ele matava crianças brutalmente e ao ser descoberto foi queimado pelos moradores, por isso sua aparência.
Wes Craven produziu A Nightmare on Elm Street com um orçamento estimado de apenas 1,8 milhão de dólares, investimento que o filme arrecadou na sua primeira semana de exibição nos cinemas. Ao todo, o filme conseguiu arrecadar 25,5 milhões de dólares nas bilheterias americanas. A Nightmare on Elm Street se tornou um dos filmes de terror mais populares do gênero e criou um dos vilões (Freddy Krueger) mais reconhecidos da história do cinema.

  • A Nightmare on Elm Street - (1984).
  •  A Nightmare on Elm Street 2: Freddy's Revenge - (1985).
  • A Nightmare on Elm Street 3: Dream Warriors - (1987).
  • A Nightmare on Elm Street 4: The Dream Master - (1988).
  • A Nightmare on Elm Street 5: The Dream Child - (1989).
  • Freddy's Dead: The Final Nightmare - (1991).
  • Wes Craven's New Nightmare - (1994).
  • Freddy vs. Jason (2003).
  • A Nightmare on Elm Street - A Hora do Pesadelo - (2010).

Hades...:

Hades (em grego antigo Άδης, transl. Hádēs), na mitologia grega, é o deus do Mundo Inferior e dos mortos.
Equivalente ao deus romano Plutão, que significa o rico e que era também um dos seus epítetos gregos, seu nome era usado frequentemente para designar tanto o deus quanto o reino que governa, nos subterrâneos da Terra. É considerado um deus da "segunda geração" pelos estudiosos, oriundo que fora de Cronos, na e de Reia, formava com seus cinco irmãos os Crônidas: as mulheres Héstia, Deméter e Hera, e os homens Posseidon e Zeus.
Ele é também conhecido por ter raptado a deusa Perséfone (Koré ou Core) filha de Deméter, a quem teria sido fiel e com quem nunca teve filhos. A simbologia desta união põe em comunicação duas das principais forças e recursos naturais: a riqueza do subsolo que fornece os minerais, e faz brotar de seu âmago as sementes - vida e morte.
Hades costuma apresentar um papel secundário na mitologia, pois o fato de ser o governante do Mundo dos Mortos faz com que seu trabalho seja "dividido" entre outras divindades, tais como Tanatos, deus da morte, ou as Queres (Ker) - estas últimas retratadas na Ilíada recolhendo avidamente as almas dos guerreiros, enquanto Tanatos surge nos mitos da bondosa Alceste ou do astuto Sísifo. Como o senhor implacável e invencível da morte, é Hades o deus mais odiado pelos mortais.
Cronos os devorou na seguinte ordem: primeiro a Héstia, em seguida Deméter e Hera e, mais tarde, a Hades e Posseidon. Crescendo, o jovem deus teve novamente a ajuda materna para auxiliá-lo: Reia fez com que o marido engolisse uma beberagem que o forçou a vomitar os filhos presos dentro de si. Uma vez libertos, os irmãos ficaram solidários a Zeus, no combate contra o pai. Postaram-se, então, no monte Olimpo e, com ajuda dos titãs hecatônquiros, combateram os outros titãs, que se posicionaram no monte Ótris , numa batalha que durou dez anos. 
Os titãs solidários aos olímpicos — Briareu, Coto e Giges — deram aos três irmãos suas armas: a Zeus os raios, a Posseidon o tridente; a Hades coube um capacete, que o tornava invisível. A derrota de Cronos deu-se com o uso das três armas: Hades, invisível com seu elmo, roubou ao pai suas armas e, enquanto Posseidon o distraía com o tridente, Zeus o fulminou com seus raios. Sendo o mundo dividido em três partes, Zeus procedeu à divisão por sorteio dos reinos entre si e os dois irmãos: para si ficou a Terra e o Céu, a Posseidon coube os mares e rios, ao passo que para Hades ficou o domínio sobre o mundo subterrâneo e os seres das sombras.
Mais tarde Hades desposa Perséfone, filha de sua irmã Deméter, e que ao seu lado tornou-se a rainha dos mortos. O casal não teve filhos. 
Diversos outros mitos incorporam a presença, direta ou indireta, de Hades, como no caso de Admeto que, para fugir à morte, entrega ao deus sua esposa Alceste, ou mesmo em variantes com ligações de parentesco aventadas, como para com os Cabiros. Também no mito de Psiquê sua presença é aludida, pois uma das tarefas da Alma é, justamente, obter num frasco um pouco da beleza de Perséfone.
O próprio Hermes era um arauto de Hades, encarregado de chamar os moribundos com suavidade, e neles depositar os báculos de ouro em seus olhos.Na gigantomaquia o deus teria usado o capacete da invisibilidade para poder matar Hipólito.
Junto a Afrodite e Éris, Hades era dos únicos deuses que não odiavam Ares, deus da guerra; o motivo estava na voracidade com que o deus dos mortos acolhe de bom grado as almas dos jovens guerreiros abatidos em combate. Deuses e homens se beneficaram ainda dos poderes privilegiados do capacete mágico de Hades. Jovens deuses usaram seus poderes, bem como também do tridente de Posseidon. Foi este o caso de Hermes que, durante a Gigantomaquia, serviu-se do elmo da invisibilidade para matar o gigante Hipólito.

 - Wikipédia -

Pouco mais que as outras...: